Metalmatrix

Notícias

Saiba mais sobre a matéria-prima das principais abraçadeiras

09 de Abr de 2020

Dia 09 de abril foi dia do aço, que é, sem dúvida, a mais importante das ligas de ferro existentes e utilizadas na indústria, servindo como matéria-prima para as principais abraçadeiras. Destina-se 75% do ferro líquido produzido nos altos-fornos apenas para a fabricação de aço. Esse material é composto por uma pequena quantidade de carbono (inferior a 1,7%) e quantidades ainda menores de outros elementos, como silício, fósforo, manganês etc., dependendo do tipo de aço que se queira produzir, são esses elementos que conferem ao aço propriedades especiais, como maior elasticidade e resistência ao desgaste, à corrosão e à oxidação.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS PROPRIEDADES DO AÇO?


  • Maleável;
  • Fácil para soldar;
  • Resistência mecânica;
  • Elasticidade;
  • Resistência ao desgaste, corrosão e oxidação.


Porém, o que muita gente não sabe é que não existe apenas um, mas diversos tipos de aço, utilizados em diferentes finalidades e perfis: redondos, chapas, lâminas de diferentes espessuras e etc. Os elementos acima citados, como manganês, silício, cobalto, fósforo, entre outros, são adicionados às ligas de aço para que reajam de forma a deixá-las com diferentes propriedades, dependendo da utilização que for desejada, seja ela mecânica ou tecnológica.

O aço comum, muito utilizado em trilhos de trem, por exemplo, leva apenas ferro e carbono em sua composição. Já o aço inoxidável, é composto por crômio e níquel, o que faz ele ter a propriedade resistente à corrosão, que também é a razão pela qual se dá o aspecto brilhante; esse aço é muito utilizado em peças automobilísticas e aeronáuticas, não deixando de lado a fabricação de utensílios de cozinha, e material cirúrgico e científico também.

TIPOS DE AÇO QUANTO À APLICAÇÃO


Outra classificação muito comum para os tipos de aço se refere à aplicação para a qual ele se destina. Abaixo temos alguns exemplos:


Aços para construção mecânica


Esse tipo de aço é usado para construção mecânica, ou seja, são usados para fabricar peças forjadas, rolamentos, eixos, engrenagens, entre outros. Os aços para construção mecânica são aços carbono ou com baixo teor de liga e abrangem uma ampla gama de produtos.


Aços estruturais


Por terem alta resistência mecânica e suportarem grandes carregamentos, se tornam muito importantes na indústria da construção. Esse tipo de aço, normalmente, são aços carbono ou com pequenas quantidades de elementos de liga. Nesse grupo, encontra-se o aço ASTM A36 que é largamente empregado por muitas construtoras.

A maior utilização desses tipos de aço no Brasil é nas estruturas de concreto armado. Como o concreto tem alta resistência à compressão, o aço inserido dentro da estrutura atua como boa resistência à tração. Além de ter boa aderência com o concreto, o aço ainda tem deformações compatíveis como o material.


Aços para fundição


É o material utilizado para produção de peças em aço fundido. Nesse processo, o aço líquido é vazado em moldes e adquire a forma da cavidade quando se solidifica. Podem ser aço carbono ou aço liga, contanto que apresentem boa resistência.


Aços para molas


Os aços utilizados para fabricação de molas têm elevado limite elástico, ou seja, suportam forças e tensões sem que sua deformação seja permanente. A maioria dos aços para mola são aços carbono, sendo as ligas necessárias somente em situações especiais.

Se interessou por esse assunto? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as dicas, curiosidades e novidades da Metalmatrix!


Conheça

nosso canal no youtube

Clique aqui e acesse agora
{

Confira nossos

representantes

espalhados
por todo o Brasil