Metalmatrix

Notícias

Indústria metalúrgica: geração de receitas e alta nas exportações

05 de Jul de 2019

A indústria metalúrgica é um dos principais setores da economia de qualquer país, e no caso do Brasil, um país em desenvolvimento e que precisa da geração de empregos para sair da crise, o setor ganha ainda mais importância, já que é um excelente gerador de receitas quando está em alta. Como já foi explicado no texto que você pode ler clicando aqui, as exportações impactam diretamente um país, pois geram o capital necessário para fazer mais investimentos. Com o setor da metalurgia não é diferente, e a exportação de produtos do segmento gera um lucro que impacta diretamente no mercado econômico, criando mais empregos e impulsionando a economia nacional.


Um ponto importante de se destacar é a receita gerada pela exportação desses produtos ditos “prontos”. Bens do setor comercial, ou então metalúrgico, como autopeças de reposição, por exemplo, são mais lucrativos e vantajosos na exportação do que matérias-primas, porque geram mais receitas, mais empregos e significam um maior crescimento da economia. Isso acontece porque um bem de consumo, seja pessoal ou industrial, possui muito mais valor agregado e está pronto para ser vendido, não necessitando de nenhuma etapa de fabricação a mais para estar pronto ao consumo, como é o caso das matérias-primas.


Com a baixa da moeda brasileira, fazendo o dólar bater a marca dos R$ 4,00 nos últimos meses, os produtos nacionais ficaram mais baratos aos olhos do mundo e, por consequência, mais atrativos na visão de muitos dos investidores estrangeiros da indústria metalúrgica. Entretanto, segundo o SEBRAE, o que mais emperra as exportações é a falta de expertise das empresas, que por despreparo acabam não atingindo os níveis exigidos pelo mercado internacional.


Por esse motivo, qualquer diferencial tem se tornado decisivo na hora da competitividade para exportar produtos ao exterior. Certificações como a IATF 16949 e a ISO 9001 têm feito a diferença, e as empresas que as possuem largaram na frente e estão, de fato, gerando mais receita. Prova disso são os números: mais de 1 trilhão de reais exportados em 2018, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Ainda segundo o mesmo levantamento, os produtos manufaturados tiveram um crescimento de 7,4%, demonstrando a alta no setor. 


E é pensando nisso que Metalmatrix cada vez mais investe na otimização de sua produção para exportar abraçadeiras mundo afora. A empresa já possui as certificações ISO 9001 e IATF 16949, que são amplamente exigidas no mercado internacional, principalmente quando a o assunto é produtos que dão segurança, facilidade e precisam ter resistência, como as abraçadeiras. Além disso, a Metalmatrix está associada nas organizações Sindipeças e Abipeças com o intuito de melhorar a qualidade dos produtos. Além disso, vem participando das principais feiras do setor em todo o mundo, para conhecer práticas bem-sucedidas na produção e exportar mais para fora do país, gerando mais receitas e criando empregos.


Para conhecer todos os produtos que a Metalmatrix pode oferecer e que são reconhecidos internacionalmente por sua qualidade, você pode clicar aqui e conferir!

Conheça

nosso canal no youtube

Clique aqui e acesse agora
{

Confira nossos

representantes

espalhados
por todo o Brasil